União De Sangue-Parte II

Página 4 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4

Ir em baixo

Re: União De Sangue-Parte II

Mensagem  Ana Nery em Sex 1 Out - 13:29:53


Passou-se determinado tempo até eu e ele saírmos após arrumarmos o sotão.Quando no quarto senti-me cheia de vitalidade,foi como se as forças antes escaças voltassem
a seu dono horíginal.Ficamos sozinhos,ninguém nós pertunando,quanto mais o tempo se passava,mais eu e Aziel uníamos nossas forças em prol de troca de informações e
recuperação.Foi envolta nesse ressentimento e agradescimento que tive a coragem de ajudá-lo a limpar o pulso cortado.

-Obrigada Aziel,não saberia o que fazer sem sua presença-Ele me fitava docemente,era como se sua pessoa se enchesse de notável presságio-Não há de que,Lilith,mas tu-
do que peço e que possa evitar dor-Eu ri,ele sentado sobre a cama,eu sentada de pernas cruzadas a sua frente,tinha uma linda caixa de curativos é linha cética ao lado,ele a
olhar-me enquanto continuava.Passei uma pequenina quantidade de pomada anestésica,depois gazes limpas,para finalizar?

-Respire fundo meu querido-Ele ofegtou,segurou a dor quando a agulha entrou-lhe na carne do pulso,eu sai custurando delicadamente-Não sinto dor-Ele disse em alguns instan-
tes-E claro que não,a pomada anestesica e para isso-Concepção imediata,gradualmente minha pessoa prosseguiu,deixou-se envolver pelo momento,em minutos hávia termina-
do e Aziel se deparou com o momento de sua auta-apresiação.

Desferi o curativo por cima e depois disso descemos para comermos algo,a revitalização e cuidados para com Aziel vierá.Foi esse o fim do trevoroso momento.A surpresa i-
nesperada foi quando descidimos dormir juntos,quando eu e ele desejamos dormir agarrados ao decorrer da noite.Céus,finalmente ao longo de torturosos tempos tiverá so-
nhos adoráveis,maravilhosos!

Sonhei com minha menina,minha linda Samatha,e ao decorrer de tudo isso,limpidas visões com algo maior."Sim,Ellenos Cyrus virá".Adorável,me deparei rindo ao houvir a
informação,palavras desejavas."Lucy proverá,eu sei".Me deparei respondendo,rindo em determinados momentos,foi quando risos masculinos me vieram a mente,senti calá-
frios,jazia deitada sobre a cama,às cobertas macias por cima de mim.

Docemente beijos,beijos aonde?Por baixo das cobertas sobre meu ventre."Por que isso? Ah".Me deparei pensando,gemi de risos,risos altos,mas delíciosos,abri os olhos tendo
a visão imediata das cortinas se movendo devido a brisa-Aziel?-Ele riu,cantarolava algo doce,uma canção em grego-Ah,que loucura-Brami,movi as mãos por baixo das cober-
tas,toquei em seus cabelos,o que acontecia?-O que há?-Quis saber.

Foi quando ele se moveu,deixou seu rosto transparecer,ele continuou cantando,cantando só que dessa vez aos meus houvidos,foi como se meu coração deixasse os ritimos
cardíacos aumentarem.Delicadamente esperava,ele continuava,enquanto cantava deixou suas mãos deslizarem ao meu rosto,continuidade assustadora,doce como malva de
petálas de Rosas.

Ele parou deixando a fervorosa quietude pairar,o olhava,vi quando as lágrimas se formaram sem seus olhos-Aziel o que há meu querido?-Ele não estava com camisa,nada
disso,ele nunca conseguia dormir sem suas calças de tecido macio,sedoso como algodão,linho,até mesmo seda como hávia escolhido antes de dormir,a seda negra que fazia
o conjunto da calça.

-Eu estou feliz,eu não deixo de te amar,sabia?-Eu me mantive quieta,silenciada-Mas isso e nostálgico querido-Brami,foi quando ele se grudou a mim com melhor esmero de
quietação-Prometa que nunca cometá qualquer erro,que sempre me pedirá ajuda,Lilith,pode prometer isso?-O encarei com profundidade,foi quando o beijei com vontade,ele
começou deixava as saliêntes lágrimas virem.

-Tudo bem meu querido,lhe prometo,se isso lhe acalma o coração,eu lhe prometo-E desse modo ficamos deitados grudados sobre a cama,depois deceríamos para comer al-
go,mas o que aconteceria ao longo do dia?Algo surpreendente! Eu estava na sala,eram 19:40 da noite,quis ficar na sala anotando algumas coisas em um dos três laptops a
jazer pela casa,Aziel jazia no salão sozinho,de certo modo minha pessoa não compreendia o motivo,mas comecei a compreender enquanto o tempo passava e continuava o-
cupada com meu momento.

-O que será isso?-Disse delicadamente,entende como a transposição do tempo e tão real? Sim,ela é,e continuou sendo até mesmo nesse momento.Tomei coragem,isso devi-
do a densa presença que pairava pela casa.Deixei o laptop de lado sobre o sofá,levantei-me indo em direção ao salão,fui até as escadas,meu vestido de linho de mangas lon-
gas se movendo,a cor greme e vitas negras me foi encatandor.

Me mantive silenciava,quando prestes a entrar no salão parei espantada,Aziel conversava com alguém,eu reconhecia a pessoa,o reconheci conforme jazia sentado na poltro-
na na frente de Aziel,ele que sentava-se no sofá-Obrigada por ter vindo,vossa presença me faz feliz-Disse Aziel,graças que ele não captará minha presença,jazia de pé na en-
trada do salão,mas escondida pelas sombras-Dê nada Aziel,mas temo por teu destino,por tua vontade-Aziel riu,deixou-se pensar por alguns instantes-Eu sei que sim,entendo,
só quero lhe garantir que nada de errado vai acotecer-O ser espectral manteve a seríedade.

Aziel ageitou a lampêla de seu longo casaco negro,a camisa branca por baixo deixando os botões de pratra cintilarem nas luzes,levantou-se,a calça jeans negra justa um to-
que de perversidade,a bota pesada devido ao frio,Aziel deslizou os dedos deixando os cabelos ruivos serem jogados para trás-Eu entendo,mas manterá seus conselhos Ge-
nevieve-Genevieve riu.

-E claro,só vim para lhe pedir calma,Samantha não perecerá tão fácil,conheço a monarca da família,lute para viver,grandes provações viram Aziel-Aziel compreendia,ele a
encarar Genevieve profundamente,os longos cabelos negros de Genevieve se moveram em lingas ondas ao andar,pensava,a túnica em estilo antigo em movimentos que
me arrebatavam,belo,imensamente belo.

A cor violeta da túnica se destacava-Preciso ir Aziel,eu preciso ir,me prometa que compreendeu. Sobreviva para cuidar de Samantha,nem mesmo a mãe dela está aptar co-
mo sua pessoa para cuidar e lhe ensinar das artes secretas-Aziel sentou-se novamente,só que na poltrona,cruzou as pernas,acendeu um dos cigarros deixando o maço sobre
a mesa de centro-Tudo bem Genevieve,tudo bem-Bramiu Aziel tragando o cigarro e fechando os olhos.

Genevieve sumiu,sumiu deixando sua presença pairar por alguns instantes,para depois sumir definitivamente.Fiquei observando Aziel silenciosa,nunca pensei que ele viesse
a manter a quarda alta-O que espiona mulher? Não pode me dar ao menos um momento de solidão para eu falar com os antigos?-Espantoso,ele voltou o olhar para mim,eu
sai das sombras indo em sua direção-Nada Aziel,eu só me surpreendo,está com medo,denso medo-Ele ofegou,tragou o cigarro perfumado me encarando.

-Ah,sim,eu entendo-Riu quando me sentei,foi quando toda sua emoçao transpareceu-Não pensei que daria certo,sabe disso,não esperava que fosse a Samantha,Lilith,vossa
pessoa-Me mantive quieta para depois falar-Continue Aziel-Ele pensou,riu segurando o cigarrod elicadamente entre os delicados dedos da mão direita-Ela sempre será nossa
filha,até mesmo no outro patamar evolutivo.Posso ser de carne e osso,posso apenas espectro vagando como antes de reencarnar.Mas uma coisa e certa,Samantha sempre
virá,eu não pensei que fosse ela-Compreendi,ele tinha repetido isso anteriomente,mas agora? Era para valer,ele finalmente compreendia,sua ficha caiu por completo com a
vinda de Genevieve.

-Aziel não entendo como você pode ter vindo tão diferente,não entendo-Ele riu,riu profundamente-Ah! Não entende? Entenda então;naquela maldita casca,o que viu quan-
do lhe dei a change,aquilo foi momentâneo,mas nessa? Ah! Entenda,essa e minha casca e forma definitiva-Eu compreendi-O mesmo vale para com você,Lilith,admito,vou
e finalmente me sinto preparado-A poucas semanas a ficha cairá,que loucura!

Ele voltou a sentar-se,voltou a fumar os seus delíciosos é amados cigarros-Não se preocupe querida,eu estou feliz-Disse sorrindo docemente,eu levantei-me indo sentar-me
no seu colo,ele me afagou os cabelos com uma das mãos,deslizei os dedos pelo seu lenço negro no pescoço-Me fará feliz,não é?-Ele riu,pode me beijar por longos momentos
para depois me responder-E claro que,sim,não quero e não vou falhar,não dessa vez-Bramiu me afagando os cabelos.

-Que seja-Lhe respondi em meio ao silêncio do salão,compreendia o modo como a ficha hávia caído,como ele se sentia,mantiverá esse segredo quarto,mas futuramente
só eu compreenderia o que passaíamos juntos,deixemos isso para o furuto,deixe-me continuar Sara: Mais alguns dias se passará,eu não estava preparava para a pequena
e agradável surpresa.

A uma semana e meia de Samantha nascer,Isabel chegou.Eu estava descansando no quarto,Aziel hávia saído para fazer algumas compras,só eu sabia o quanto estava
cansada,arredondada.Houvi som de carro parando em frente a casa.Desci ao despertar.Passei pelo jardim em passos apressados,que densa presença! O táxi parado,ás
portas abertas.

A vi sair ao passar pelo portão-Isabel!-Gritei alto,ela sorriu,tirava a única mala de roupas que trouxe-vestia uma linda saia negra de cetim até os joelhos,sapatilhas bai-
xas delicadas no mesmo tom,a camiseta de algodão branco um encantando,o lindo sobretudo feminido negro como toque sublíme-Pensei que só ia chegar semana que
vêem-Ela respondeu quando entramos-Não quando se trata de você-Entramos na sala ao passarmos pelo jardim.Ela sentou-se deixando a mala ao lado do sofá,ainda
me espreitava,céus,tanto tempo se passava que mal hávia reconhecido-Tu mudou,e como!-A abracei de imediato,lhe afaguei os cabelos.Trocaríamos informações,notí-
cias,que denso momento!

Se prepare Sara,nada tenho a lhe dizer por enquanto.Me despeço,a procurarei futuramente.Aonde menos esperar voltarei em meio a noite,preciso resolver coisas den-
sas e importantes.Não deixarei de manter contato,muitas coisas ainda acontecerem jovem espiã.Me retirarei e nem que demore,voltarei para lhe contar mais,e mais do
que aconteceu.A próxima parte virá,até lã? Vigie,eu voltarei.

Fim.


avatar
Ana Nery
Admin

Mensagens : 1893
Data de inscrição : 31/01/2010
Idade : 30
Localização : Rio de Janeiro - RJ

http://lightinthedarkness.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: União De Sangue-Parte II

Mensagem  Ana Nery em Sex 12 Nov - 12:11:37


Imagem Capa:
avatar
Ana Nery
Admin

Mensagens : 1893
Data de inscrição : 31/01/2010
Idade : 30
Localização : Rio de Janeiro - RJ

http://lightinthedarkness.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 4 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum