Entrevista com o vampiro

Página 4 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4

Ir em baixo

Ana Nery

Mensagem  Lian em Ter 11 Jan - 17:16:52

Não foi isso que eu quis dizer.

É que é IDIOTAS, não INDIOTAS.
avatar
Lian

Mensagens : 8
Data de inscrição : 05/01/2011
Idade : 26
Localização : Hell Grande do Sul

http://www.thelianmaggot.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Entrevista com o vampiro

Mensagem  Ana Nery em Ter 11 Jan - 17:18:13

Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh Embarassed
MORRI aqui ^^ Mas bem,acho que se Lestat estivesse a frente,teria sido pior,e bem!

Imagino ele PERDENDO a paciência e matando a muitos em sua fúria. MEDOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO
avatar
Ana Nery
Admin

Mensagens : 1893
Data de inscrição : 31/01/2010
Idade : 30
Localização : Rio de Janeiro - RJ

http://lightinthedarkness.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Entrevista com o vampiro

Mensagem  Chatter em Ter 11 Jan - 17:22:19

É por isso que escrevi "talvez não". Lestat é tão imprevisível.

Mas voltando ao Teatro, realmente amei a idéia. Sabem, sempre acreditei na teoria de que os vampiros devem andar entre nós, agindo como humanos, e o Teatro dos Vampiros (vampiros que fingem ser humanos que fingem ser vampiros) soa como uma piada grotescamente engraçada.

Ah, eu daria qualquer coisa para ter visto uma apresentação do Teatro dos Vampiros no tempo do Nicholas.
avatar
Chatter

Mensagens : 43
Data de inscrição : 08/01/2011
Idade : 26
Localização : Barueri - SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Entrevista com o vampiro

Mensagem  Ana Nery em Qua 12 Jan - 14:58:56

Serei sincera: Se eu tivesse tido uma change de está no TEATRO DOS VAMPIROS naquela época,eu teria enlouquecido.
Concordo quando falas que e impossível imaginar outras formas dos imortais se infiltragem entre os humanos. Adorável.
avatar
Ana Nery
Admin

Mensagens : 1893
Data de inscrição : 31/01/2010
Idade : 30
Localização : Rio de Janeiro - RJ

http://lightinthedarkness.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Entrevista: O livro!

Mensagem  Tiago L. M. em Dom 13 Mar - 15:22:20

Pra começo de conversa li as cronicas vampirescas toda errada, toda fora de ordem! Comecei a ler com Memnoch e depois o Ladrão de corpos, aí ja viu né? tudo fora do lugar! mas depois comecei a ler os outros livros e fui me localizando e saber o que realmente aconteceu!

Entrevista com o vampiro foi um livro bem feito e um divisor de aguas no mundo vampiresco, de certa forma me surpreendeu, o Louis por exemplo! nos outros livros ele é um vampiro fraco e de sangue ralo, mas que todos amam. sua beleza está aí! Não suportava a ideia do Louis existir por causa da sua tristeza e lamentação, me irritava! Mas lendo o livro que é diferente das outras cronicas, vi o conteudo melancolico e a beleza no seu sofrimento, ja que nos outros livros ele é só um mero expectador com aparições raras! Mas a propria fragilidade dele e sua fraqueza fisica torna ele uma joia rara! e me senti numa epoca de trevas quando li o livro. Era como se cada vez que eu lesse um trecho do livro tudo fica uma noite morbida e triste! e senti como ele ficou fragilizado e explicou o porque nunca se transformou em um vampiro realmente! seu corpo mudou, mas sua alma não. o fisico tentava s sobrepujar ao ser humano e era uma luta que tinha que vencer! e sempre perdia, miseravelmente! Seu amor por Claudia foi um tipo de ancora para o mundo vampirico, ela de certa forma era um lado sombrio dele, que resolveu amar, torturado pelo que fez a ela quando criança! E quando a mataram, ele aceitou em partes sua natureza vampirica! Armand pra mim foi apenas alguem que se apaixonou por Louis, depois de ter sido chutado por Lestat e Gabrielle!

O Lestat é bem diferente do resto das cronicas, fico dividido em saber em quem acreditar, mas o que acho é, pro Louis ele era um monstro, e veio para leva lo a danação, e aceitar que sua vida tinha sido destruida! Ao meu ver Lestat é totalmente mediocre em entrevista, sua vilania e irritabilidade é diferente do seu perfil. Mas ele deixa mostrar que Louis escreveu um pouco de verdade, ao seu proprio modo em sua fatidica biografia, (palavras do proprio Lestat). A questão é, em que aspecto Lestat realmente é em entrevista com o vampiro? o Principe moleque? Porque é o que ele passa pra mim no livro! Bem diferente do explorador do jardim selvagem! Mas enfim, são varias opiniões contra apenas uma, qual o lado que está certo? entrevista ou o resto das cronicas vampirescas?

Sobre Claudia, até agora não indendi o porque de todos não gostarem dela, eu simplismente a amo. uma das passagens mais marcantes das cronicas foi sem duvidas quando Louis conta pro Daniel a crescimento da maturidade em seu corpo de criança imortal e estagnado, ele diz: "Os anos transcorreram assim. Anos, anos e anos. Mas precisei de muito tempo para me ocorresse algo óbvio a respeito de Claudia. Pela sua expressão, suponho que ja adivinhou e me pergunto porq eu demorei tanto a fazê lo. Posso lhe assegurar q, para mim, o tempo é diferente e já o era naquela época. Os dias não se ligam formando uma corrente continua e retesada. Em lugar disto, a lua nasce sobre ondas interrompidas. Daniel diz: O corpo dela! - Nunca cresceria! O vampiro assentiu. - Deveria ser um demonio infantil para sempre!". Com essas palavras comecei a ama-la, e compreendi que ela era instavel e fadada a destruição, por eu ter outras formações vampirescas, e tambem ter visto o filme antes do livro, ignorem, o unico fim de Claudia foi a morte! Mas adorava a personagem e para mim, ela seria um par perfeito para o Nicolas Lenfent! Ela foi uma excelente personagem e tudo o que ela fez foi a razão de aonde ela tinha sido criada. Todos os fatores apontavam que mais cedo ou mais tarde ela faria o que fez, e pagaria na mesma moeda! Mesmo não gostando da Merrick, gostei dela dizer que nunca gostou do Louis! De certa forma gargalhei, para enfim ele evoluir e sua noite eterna ser mais brilhante! E falando serio, ela nunca conseguiria competir com Armand pelo coração de Louis, mas Armand agiu pelos meios errados e deu no que deu!

Foi um dos livros das crônicas mais legais que li e mudou meu conceito de Louis, do chato melancólico a uma triste e bela escultura vampirica!


Última edição por Tiago L. M. em Qua 25 Abr - 22:32:30, editado 1 vez(es)
avatar
Tiago L. M.

Mensagens : 8
Data de inscrição : 14/01/2011
Idade : 38

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Entrevista com o vampiro

Mensagem  Ana Nery em Seg 14 Mar - 12:36:43

Ah,queria exemplificar a respeito de tu teres lido na ordem errada.Amigo eu disse que isso não tem muito haver,vai da mente da pessoa,já,que no fim de tudo toda ordem a memória refaz.

Quero muito exemplificar o que eu senti pelo Louis nesse livro: Cara,foi o começo,a primeira centelha de descobertas do que eu chamo de verdadeiro vampirismo.E isso pra mim faz com que Louis mereça o maior respeito dentre todos os imortais,até mais do que os anciões.Louis e o que se chamada de humanidade,negritude com lapso de luz retumbando dentre as trevas em seu coração.

As vezes acho que Lestat não o merecia,porém,caras metades sempre se entende.Ah! Claudia e Nick belo par? Ah! Teriam sido mas caso Lestat tivesse sido corajoso e preservado Nick naquela época.Concordo!

Ah! Muitos motivos pra odiar Claudia.Entendo a condição dela,mas ter dois pais maravilhosos como Lestat e Louis,que deram tudo a ela,e agir com a frieza que agiu,! Bem,e imperdoável.

Louis,a primeira centelha,Louis o desbravador,Louis o mais amável,sentimental e ciente de si dentre os imortais.Ah! E isso faz dele MAIORAL,e como.
Cool
avatar
Ana Nery
Admin

Mensagens : 1893
Data de inscrição : 31/01/2010
Idade : 30
Localização : Rio de Janeiro - RJ

http://lightinthedarkness.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Entrevista com o vampiro

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 4 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum